Participe de nosso Encontro Virtual! Clique aqui para ver como fazer!

Apresente seu nome, seu número de aluno, sua Turma e Especialidade para ingresso no Grupo 

     
 
II Viagem de Entrevistas e Estudos da ASTRA
 
Roteiro:

São José do Rio Pardo --> Tanabi: 400 Km

Tanabi --> Brasília: 750 Km

Brasília --> Rio de Janeiro: 1.200 Km

Rio de Janeiro --> São José do Rio Pardo: 720 Km

 

São José do Rio Pardo, 27 de Abril de 2016

             Esta viagem teve início a 13/04/2016, quando atravessei o Estado de São Paulo indo até Tanabi, a cerca de 400 Km de distância, no outro lado do Estado em que resido. Passei dois dias agradabilíssimos em companhia de Genésio Mendes de Seixas e de sua esposa Marina, de lá me dirigindo para Brasília (mais cerca de 750 Km de viagem), onde havia marcado entrevista com Paulo Leal. Lá chegando, inicialmente encontrei-me com Renaldo Macedo, nosso Irmão Especialista graduado na Sesquicentenária Turma 146, que me recebeu em sua casa com honras de Chefe de Estado e a quem tive oportunidade de entrevistar também. No dia seguinte, 17/04/2016, Macedo levou-me à casa de Paulo Leal e de sua esposa, D. Zenith. Ali fui tratado como um filho, cercado de carinho e atenção, prontamente atendido a cada dúvida ou questionamento que fazia com apenas uma restrição: não consegui filmar ou mesmo tirar uma foto atual de Paulo Leal. Modesto, desprovido de vaidades pessoais, optou por focar a entrevista nos aspectos DOCUMENTAIS de sua Biografia e na História da Força Aérea Brasileira. O casal não mediu esforços em recepcionar-nos bem. Senti-me, sem exagero algum, tratado como um Filho! Na quinta-feira, véspera de minha viagem ao Rio de Janeiro, houve uma Recepção aos familiares de Paulo Leal e ao Brigadeiro Elahir Amaral da Nóbrega, amigo de toda a vida de Paulo Leal, colega da mesma Turma de Aspirantes Aviadores (são cadetes de 1953): em diálogos inteligentíssimos e profundos, nos auxiliou a compreender um pouco mais acerca da riquíssima Biografia de Paulo Leal, assim como aspectos interessantíssimos da História da Força Aérea Brasileira (presenteou-me com seu livro “Memórias de um piloto da Aviação de Reconhecimento”, em cuja leitura já estou me deliciando e breve apresentarei minhas notas). Uma curiosidade: não conseguia conter-me diante da sapiência aguda daqueles gigantes do conhecimento da Aviação Brasileira, da Cultura Brasileira e de tantos aspectos importantes de nossa vida e marcava espantado a cada nova compreensão: “mas o Sr. é muito inteligente!” Leal, sempre brincalhão e de bem com a vida, por pouco não me oferta o prêmio “Rei do Pleonasmo”: “Oficial da Força Aérea” – e Oficial General, não menos – e “Muito Inteligente” são expressões sinônimas! Na sexta-feira nos despedimos “por enquanto” e fui para o Rio de Janeiro, onde havia marcado uma entrevista com o Brigadeiro Walacir Cheriegate para o dia 25/04/2016 e precisava acertar alguns detalhes e preparativos com antecedência. Concluída aquela etapa, saí do Rio de Janeiro na virada da noite do dia 25/04/2016, chegando de volta em minha casa a tempo de almoçar com minha mãe no dia 26/04 e preciso parabenizar minha irmã: a mãe mais bem cuidada da Galáxia assim segue. Valeu, MAninha!

 

Primeira Etapa: na Boca do Sertão (São José do Rio Pardo a Tanabi – cerca de 420 Km)

 Não cesso de me impressionar! Como a História do Brasil, a História da Força Aérea Brasileira e a História da Escola de Especialistas de Aeronáutica se entrelaça com a de cada um de nós!

 O Major Fotógrafo Genésio Mendes de SEIXAS, Ex-Aluno QFT 56-434 da Turma 129 da EEAer 16/07/58, nos explica os motivos que o levaram a escolher a FAB como Carreira Profissional e, nela, a Especialidade de Fotografia.

 Com a nossa Gratidão ao por nos recepcionar tão bem em sua casa em companhia de sua Esposa, D. Marina e por nos apresentar aos intelectuais de Tanabi, com os quais convive, sendo hoje Membro do Instituto Histórico e Geográfico de São José do Rio Preto.

Intitulamos sua riquíssima entrevista: “Da Boca do Sertão para a Força Aérea Brasileira”.

Falou sobre a sua Especialidade, sobre a sua Trajetória Militar e nos brindou com aspectos deliciosos de sua trajetória existencial singular!

Apresentou-nos ainda ao Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de São José do Rio Preto, de que é membro, e tivemos momentos de esplêndido enriquecimento cultural. 

No vídeo abaixo, saúdam a ASTRA nosso Antigão, o Professor Antonio Caprio e enfatizam os valores culturais brasileiros em geral em toda a nossa empreitada, tornando uma viagem já rica em algo ainda mais portentoso.

Gratidão Eterna, Amigos!

 

14/04/2016 - Genésio Seixas - Antonio Caprio - Lázaro Curvêlo - Tanabi (SP) 14/04/2016

 

 

Mensagem do Brigadeiro Walacir Cheriegate ao Grupo ASTRA

Estava ainda em Tanabi quando recebi o vídeo que havia pedido ao Brigadeiro Walacir Cheriegate enviando-nos uma mensagem para a ASTRA – Enviada a nós do BERÇO DO ESPECIALISTA, a EEAR em Guaratinguetá, por ocasião da passagem de Comando da Escola ao Brigadeiro Jayme.

O Brigadeiro Walacir Cheriegate, ex-Aluno 60-624 - Walacir Cheriegate - Turma 136 - 22/12/61 - Q AT DI e Comandante da EEAer entre 1997 e 1999, sempre valorizando o Especialista da Força Aérea Brasileira, envia a sua mensagem à ASTRA.

 
 

Entrevista com Renaldo Macedo (Turma 146 da EEAer em Guaratinguetá)

Chegando a Brasília na noite de 16/04/2016 (cerca de 750 Km de distância de Tanabi) tive oportunidade de entrevistar o Suboficial Reformado e Ex-Aluno 64-824 Renaldo Macedo da Sesquicentenária Turma 146. No vídeo, Macedo discorre com desenvoltura e brilhantismo sobre o DPEAER (Destacamento Precursor da Escola de Aeronáutica dos Afonsos em Pirassununga)

Na sequência, narra alguns episódios interessantes de sua Carreira Militar, com ênfase ao seu trabalho no GTE (Grupo de Transporte Especial) em Brasília, onde fixou residência.

Envia sua mensagem especial aos Veteranos Especialistas, particularmente os membros da ASTRA (Associação dos Ex-Alunos Especialistas)

E ESTA É MERAMENTE A PRIMEIRA DE MUITAS MENSAGENS A NÓS :)

 
 

Encontro com Paulo Leal - Ex-Aluno 42-034, Turma 3 da EEAer na Ponta do Galeão, o Especialista Mais Antigo Vivo

No dia 17/04 Macedo levou-me até a casa do Especialista Mais Antigo Vivo. Emoção fortíssima! Há mais de um ano anelava encontrar-me pessoalmente com ele e fui recebido como um Filho! Quanto carinho, de quantas atenções cercaram-me Paulo Leal e sua esposa, D. Zenith. Percebi que entrevistá-la é tão rico quanto entrevistar o Brigadeiro Paulo Leal e ela foi tão bondosa que prestou longos depoimentos perceptivelmente com o mesmo gosto com que eu os ouvia! Leal é tão modesto acerca de sua Carreira Militar Portentosa, que ajuda de D. Zenith e do Brigadeiro Nóbrega se demonstrou crucial para conhecer um pouco mais da história do nosso Amigo Especialista.

Estudei suas medalhas, seus diplomas (tentei estudar um pouco suas cadernetas de voo, mas terei de voltar ao tema em aparecendo nova oportunidade: tema novo para mim...), a farta documentação que me apresentava... Preservou fotos de Aeronaves – particularmente do B-17, de longe sua Aeronave predileta! – contudo não localizamos (sua esposa e eu) muitas fotos de sua Carreira Militar – ele preferiu guardar os DOCUMENTOS e sequer tive oportunidade de examinar parte deles! Para lhe escrever a biografia, em viável se tornando, terei de estudar muito mais!

 
 

Com Basílio no Palácio do Planalto

Interregno: visitando meu Amigo de Infância. Leal levou-me até o Palácio do Planalto, onde meu Irmão Antônio Augusto Basílio presta serviços. Mostrou-me a Edificação Portentosa e apresentou-me a colegas nossos, recepcionando-me magnificamente bem ao longo de toda a visita à Edificação. De lá, colocou-me em contato telefônico com seu Amigo e vizinho Berilo LUCENA de Cavalcanti, Autor do Livro “Trajetória do Especialista”. A exiguidade do tempo naquele momento impediu-nos de nos encontrarmos pessoalmente mas ficamos com o contato um do outro para uma nova oportunidade!

Alunos 77-1183 - Lázaro CURVÊLO Chaves - Turma 171 - Branca - 13/07/79 - Q AT RA MR (Eletrônica)
e
77-1482 - Antônio Augusto BASÍLIO - Turma 171 - Branca - 13/07/79 - Q AT RA MR (Eletrônica)

 

 

Medalhas e Estudos

Ainda em casa de Paulo Leal, numa Recepção na quinta-feira, conversamos alegremente com o Brigadeiro Nóbrega e os familiares do Brigadeiro Leal. Que diálogos ricos! Quanta informação! E de maneira leve, descontraída, com brincadeiras e aspectos jocosos em toda a trajetória. De fato, ali estão dois Heróis Brasileiros que, por haverem devotado COM MUITO GOSTO a vida ao Serviço da Pátria e da FAB, como disse Paulo Leal, “não trabalharam um dia sequer em suas vidas”, todas as atividades que exerceram o foram com extrema satisfação, alegria e consciência do dever cumprido. Um Exemplo para todos nós!

Noite de 20 para 21 de Abril de 2014 - Do Escritório de Paulo Leal

RETIFICAÇÕES

Já conhecia o Brigadeiro Nóbrega por e-mail: fiquei encantado com ele também ao conhecê-lo pessoalmente: personalidade forte e magnética. Cativante mesmo. Como são amigos desde tenra idade, conhecem bem a história um do outro e simplificaram nossos estudos e entrevistas. Insisto: estou lendo seu livro “Memórias de um piloto da Aviação de Reconhecimento”. Breve terei uma resenha e notas a apresentar ao nosso Amigo e a todos os interessados naquela temática riquíssima!

 

Disfarçando como pude as lágrimas em meus olhos, me despedi de Paulo Leal e D. Zenith na Sexta-Feira 22/04/2016 anelando poder visitá-los novamente e me dirigi ao Rio de Janeiro (1.200 Km de distância) onde conseguimos marcar uma entrevista com o Brigadeiro Walacir Cheriegate e eu precisava chegar uns dias antes para me preparar, assim como convidar meu Irmão Erasmo Pereira Souza Filho (Coronel Fotógrafo na Ativa e Diretor do Tradicional Colégio Newton Braga) a me acompanhar...

 

 

23/04/2016 - Conversa descontraída com o Tenente-Coronel Fotógrafo e Ex-Aluno 54-255 - Cleophas de Azevedo Anastacio - Turma 124 - 22/12/55 - Q FT 

Passamos uma tarde agradabilíssima em sua casa conversando sobre os temas mais diversos em torno da Nossa Força Aérea e da Cultura Brasileira. 

Cleophas esclareceu-me alguns detalhes acerca da sua Especialidade - hoje praticamente não existe mais: a Fotografia Aérea é feita por mecanismos automatizados instalados em Aeronaves, Drones e mesmo Satélites! 

Discorreu sobre sua atuação poética e salvadora de vidas ao tempo em que trabalhou para o Correio Aéreo Nacional e orientou-me a estudar um pouco mais sobre as belezas das atividades do PARA-SAR, o que pretendo fazer com todo o empenho! 

Teve ainda a fineza de me levar a almoçar num Restaurante de Rodízio de Frutos do Mar - coisa finíssima! Morando no interior de São Paulo há anos confesso nem mesmo me recordar da saudade que sentia daqueles cheiros e sabores! 

Optamos por não formalizar uma entrevista e avançamos tanto nos diálogos informais que o tempo voou! 

Obrigado, meu Irmão. És um Homem Finíssimo, culto e competente. Aprendi muito com nossa conversa!

 

24/04/2016 - Conversa descontraída com o Amaral, Ex-77-1257 - Jorge Moura do Amaral, Desenhista, da minha Turma, que me visitou no hotel onde optei por ficar durante minha breve estada no Rio (central, bem próximo do escritório do Brigadeiro Cheriegate com quem formalizamos uma Entrevista na tarde do dia 25/04/2016). 

Jantamos e rememoramos bons momentos, particularmente do tempo em que servimos no III COMAR. Através dele recebi uma notícia triste: meu Grande Amigo e Irmão Carlos Amorim, Topógrafo da AZUL 169, faleceu há algum tempo. Eu o tinha em elevadíssima estima: montamos uma "República" juntos no Flamengo e eram memoráveis nossas Inaugurações Semanais de Cortina! Nasceu e morreu em sua Cidade Natal: Curvêlo, no Coração de Minas Gerais. Por sinal foi assim que nos conhecemos: ele estava na Terceira Série e soube de um Bicharal com o nome de Guerra "Curvêlo" e a amizade começou já na EEAer... Ele escolheu servir no III COMAR e eu, um ano depois, seguia para a mesma Unidade, onde nos reencontramos. 

É sempre um baque bastante forte que alguém tão próximo já não caminhe entre os vivos... :(

 

 

24/04/2016 - Visita à residência do Coronel Fotógrafo Erasmo, Ex-Aluno 77-1256 - ERASMO Pereira de Souza Filho, da minha Turma. Solicitei a ele que me acompanhasse na Entrevista ao Brigadeiro Walacir (ambos são homens muito sérios e honrados, como previa, aquele encontro enfatizou a formalidade e o rigor no encaminhamento da Entrevista, bem ao gosto do Brigadeiro Walacir). Aquiesceu de pronto, acertamos os detalhes da Entrevista e aproveitamos para nos atualizar quanto a "o que você andou fazendo esses anos todos, meu Irmão?" 

25/04/2016 - Entrevista com o Brigadeiro Cheriegate

 

Homem sensível, o Brigadeiro Walacir agradeceu sensibilizado que o ocupadíssimo Diretor do Colégio Newton Braga tirasse à tarde para acompanhar-nos em nossa conversa. Todos três saímos ganhando muito daquele diálogo, previsto para durar uma hora e tão gostoso estava que se estendeu por quase três horas!

 O Brigadeiro Walacir narrou-nos episódios de sua trajetória existencial, explicou-nos a escolha da Carreira; desejava ser Piloto, contudo a informação sobre como chegar a sê-lo no interior do Paraná não era tão simples: cursou a EEAer. Ao perceber que não seria Piloto, o que desejava, escolheu "Desenho", uma Especialidade de Terra, para não ficar recalcado ou sentir-se frustrado. Convidado a participar de um vôo noturno (e era a primeira vez que entrava num avião, já 3º Sargento) voltou-lhe a ânsia de voar e, por sorte, naquele mesmo ano abriram-se inscrições para a Escola de Aviação (que já se encontrava em processo de transferência do Campo dos Afonsos para Pirassununga).

 Narrou-nos episódios deliciosos de sua Carreira e nos fez presente de sua Obra Magna, Referência para a História da Força Aérea Brasileira e da EEAer escrita a quatro mãos com sua Esposa, Sra. Diolásia, com o rigor e leveza na medida certa a prender o leitor da primeira à última página.

 Pedi que nos contasse rapidamente sobre sua trajetória como Comandante da EEAer (imagino a emoção de Comandar a Escola em que se formou!) 

Como tudo o mais que fez ao longo de toda a sua vida, entregou-se por inteiro àquela atividade e trouxe, com muito esforço, grande empenho pessoal e vibração, conquistas cruciais aos Alunos e Alunas da EEAer (sim, Walacir Cheriegate participou ativamente da implantação do Corpo Feminino da FAB). 

Emociona-se vivamente ao narrar os momentos de tensão para conquistar aprimoramentos à EEAer e os momentos em que recebeu sinceras homenagens de seus comandados. 

Elaborei uma resenha de seu Trabalho "Trajetória de Honra - De Sargento a Brigadeiro - Uma Vida de Amor à Força Aérea Brasileira - Clique aqui para ler.

                                     

 

Além de nos possibilitar conhecer melhor o SER HUMANO Walacir Cheriegate, permite-nos, insisto, conhecermos mais a fundo a História da FAB e a História da EEAer.

 

Estudando a História da Escola de Especialistas de Aeronáutica

 

$ - Colabore para que nosso Trabalho se amplie. Clique aqui e veja como fazer.

 

Saudações FABianas,

Aluno 77-1183 - Lázaro CURVÊLO Chaves - Turma 171 - Branca - 13/07/79 - Q AT RA MR (Eletrônica)

Presidente da ASTRA - Associação dos Ex-Alunos Especialistas da Força Aérea Brasileira

 

Aluno 77-1183 - Lázaro CURVÊLO Chaves - Turma 171 - EEAer Guaratinguetá - 13/07/79 - Q AT RA MR (Eletrônica)

Presidente da ASTRA - Associação dos Ex-Alunos Especialistas da Força Aérea Brasileira

 

 
 

Aluno 42-034 Paulo Moreira LEAL - Turma 3 - EEAer Ponta do Galeão - 01/05/43 - Q RT TE (Telegrafista)

Zero Um Supremo dos Veteranos

 
 
Críticas, Sugestões, Retificações a fazer, entre em contato!
 
Encarregado Técnico: Lázaro Curvêlo Chaves Contato: https://www.facebook.com/lazaro.chaves